Pregue a tempo e fora de tempo
Neste tempo de crise, o que faremos com o que recebemos de Deus?
Marcia Amaral
08 de Maio de 2020

Conta-se que durante o naufrágio do Titanic em 1912, onde 1.496 pessoas perderam a vida, estava entre os náufragos o pastor John Harper. Ele viajava com sua filha de 6 anos e sua irmã. Elas foram salvas e colocadas em um bote, mas John escolheu ficar para trás a fim de pregar àqueles que se debatiam nas águas gélidas do Oceano Atlântico. Em meio aos gritos de desespero, o pregador se aproximava de um por um e perguntava: Você é salvo? E ao ouvir “não” como resposta, ele usava as palavras da Bíblia: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo”. Não havia tempo, ele precisava alcançar o máximo de pessoas e por isso, ele buscava forças em Deus para cumprir pela última vez a missão para a qual havia sido chamado desde a idade de 18 anos. Em II Tm. 4.2, Paulo prevendo a sua morte, adverte a Timóteo: Prega a Palavra, Instes a tempo e fora de tempo, aconselha, repreende e encoraja com toda paciência e sã doutrina.

Paulo assim como John Harper não estava preocupado com o seu bem-estar, estava às portas da morte e mesmo assim, se empenhou por aproveitar o tempo não para salvar sua vida, mas para pregar a palavra e instruir aquele que daria continuidade ao seu ministério. Com o que estamos preocupados? Com a roupa que vamos vestir amanhã? O que vamos comer, quantos amigos colecionamos no Facebook? O que as pessoas acham de nós? Estamos perdendo tempo com discussões fúteis nas redes sociais, dando um péssimo testemunho de nossa fé? Prega a Palavra! Prega a Palavra! Parece que os crentes de hoje não conhecem a Bíblia e nem o Senhor da Bíblia. Vejo com tristeza alguns pregadores, falando de tudo, menos de Jesus! Gastamos muito tempo em nossos cultos com coisas às vezes fúteis e alguns minutos apenas para a pregação genuína da palavra de Deus, parece que já estamos vivendo o tempo que o apóstolo Paulo cita ainda neste mesmo capítulo no verso 3: Porquanto, chegará o tempo em que não suportarão o santo ensino; ao contrário, sentindo coceira nos ouvidos, reunirão mestres para si mesmos, de acordo com suas próprias vontades.

Neste tempo de crise, o que faremos com o que recebemos de Deus? Que o Senhor nos ajude a aproveitarmos “o tempo que se chama hoje, a fim de exortarmos uns aos outros, para que nenhum se endureça pelo engano do pecado.” (Hb. 3.13). O pastor Harper selou em sua morte o que ele tinha vivido ao longo de sua vida: a paixão pelo evangelho e a preocupação com as almas perdidas. Que o Senhor te capacite a ser uma proclamadora do evangelho de Cristo Jesus.

Marcia Amaral é colunista do caderno Voz de Mulher

Dúvidas, sugestões e reclamações, entre em contato pelo e-mail redacao@cpimw.com.br.
O Voz Wesleyana é o órgão oficial da Igreja Metodista Wesleyana.
Sede da redação: Rua Venância, 17, Xerém, Duque de Caxias, RJ.
© Todos os direitos reservados. 2020