Estudo revela que 80% das novas infecções por covid-19 ocorreram em locais fechados  
Restaurantes são campeões. Resultados foram publicados na semana passada pela revista Nature 
Redação CPIMW
17 de Novembro de 2020

(Foto: Christian Hartmann/Reuters)

Um estudo publicado na semana passada pela revista Nature revelou que 80% das novas infecções pelo novo coronavírus ocorreram em locais fechados, como por exemplo, restaurantes, academias, cafés, hotéis, mercearias e supermercados. A pesquisa reuniu cientistas das universidades de Stanford, Northwestern, do Microsoft Research e Chan Zuckerberg Biohub.  

“Os restaurantes são de longe os lugares mais arriscados, cerca de quatro vezes mais arriscados do que academias e cafés, seguidos por hotéis em termos de novas infecções”, informou Jure Leskovec, cientista da computação da Universidade de Stanford e um dos autores da da pesquisa, em uma conferência com repórteres, reportada pelo jornal The New York Times.  

A pesquisa mapeou dados da movimentação de hora em hora de 98 milhões de pessoas nas áreas metropolitanas de Atlanta, Chicago, Dallas, Houston, Los Angeles, Miami, Nova York, Filadélfia, San Francisco e Washington D.C.  

Os bairros mais pobres das cidades registraram maior número de infecções, e, segundo os pesquisadores, isso se deve ao fato de que, nesses locais, a lotação dos lugares públicos foi maior nesses período. 

Há também a possibilidade de ter sido porque os habitantes dessas regiões se deslocaram mais para trabalhar. 

(Fonte: Claudia Abril)  

Dúvidas, sugestões e reclamações, entre em contato pelo e-mail redacao@cpimw.com.br.
O Voz Wesleyana é o órgão oficial da Igreja Metodista Wesleyana.
Sede da redação: Rua Venância, 17, Xerém, Duque de Caxias, RJ.
© Todos os direitos reservados. 2020